Pesquisar

Em ‘O outro lado do paraíso’, Gustavo teme vingança de Clara: ‘Preocupado’

 


Em ‘O outro lado do paraíso’, Gustavo teme vingança de Clara: ‘Preocupado




“Bebê, não gostei da Clara vir aqui...
logo depois do julgamento do delegado. 
E se houver algum sentido naquilo que o Vinícius falou? Que ela vai se vingar de mim?”, questiona ele. 
“Se vingar como, se você é um exemplo de honestidade?”, dispara a dona do salão de beleza.

Nesse momento, Gustavo lembra à mulher que eles recebem propina de Sophia (Marieta Severo): “Bebê, temos os presentinhos”. 
“Ninguém sabe. 
Só levantamos suspeitas quando houve aquele desastre... e o vento levou as cédulas. 
Ai, nem gosto de lembrar. Mas isso é um segredo entre nós e a Sophia. 
Não há provas. 
Tem mais alguma coisa para a Clara descobrir?”, pergunta Nádia. 
“Bebê, não há nada. 
Eu só fico preocupado com o que a Clara pode fazer. Mas não, não há nada!”, afirma o juiz, que será desmascarado quando Clara descobrir que ele é o sócio misterioso do bordel.

fonte:  extra.globo 

'Outro lado': Gael ajuda Clara a denunciar Sophia à polícia

 

'Outro lado': Gael ajuda Clara a denunciar Sophia à polícia



Gael em "O outro lado do paraíso" Foto: Rede Globo/Reprodução
E com a revelação de que Renato (Rafael Cardoso) é o grande vilão de “O outro lado do paraíso”, resta a Gael (Sergio Guizé) se transformar num mocinho para lutar pelo coração de Clara (Bianca Bin). Para isso, ele se alia a ela contra Sophia (Marieta Severo).
Gael procura a ex-mulher e conta a ela que Sophia pretende vender uma esmeralda gigante para um comprador estrangeiro de forma ilegal
Clara aparece lá com a polícia, que apreende a jóia e lhe aplica uma multa. 
Sophia, que não é presa, diz que Clara vai pagar por isso. 
"Está contente, Clara? 
Queria me prejudicar e conseguiu. 
Apreensão, multa. Fica me devendo essa", fala. "Não, Sophia. Você é que me deve muitas. 
Ainda vai ter o que merece", responde Clara, satisfeita.

fonte:  extra.globo 

Walcyr Carrasco faz balanço da novela e elege suas cenas favoritas: 'O Outro Lado do Paraíso'

 







'O Outro Lado do Paraíso': Walcyr Carrasco faz balanço da novela e elege suas cenas favoritas

Em entrevista ao Gshow, autor comemora sucesso do folhetim que chega ao capítulo 100 nesta quinta-feira, 15: 'Fico feliz com essa resposta'




Walcyr Carrasco, o autor da novela 'O Outro Lado do Paraíso' (Foto: Raphael Dias / Globo)
Seu nome: Walcyr Carrasco. Mas bem que ele poderia ser chamado de "Walcyr Sucesso". O autor acumula êxitos em todos os horários, seja com suas novelas de época às seis, comédias às sete, novelões clássicos às nove ou histórias mais picantes às onze. Verdades Secretas, por exemplo, chegou a ganhar o cobiçado Emmy Internacional. Atualmente, em mais uma parceria com o diretor artístico Mauro Mendonça Filho, ele faz sucesso com O Outro Lado do Paraíso, no horário nobre.
A história que gira em torno da vingança de Clara (Bianca Bin) e aborda a questão da lei do retorno caiu nas graças do público, que espera ansiosamente pelas próximas atitudes da protagonista. Com a novela chegando ao capítulo 100, o Gshow bateu um papo com o autor e, na conversa, ele avaliou a história até aqui, falou sobre os temas sensíveis que aborda na história e elegeu suas cenas preferidas. Confira:

Bianca Bin na cena em que Clara retornou à Palmas para dar início ao seu plano de vingança (Foto: Raquel Cunha / Globo)
Gshow: Qual é o balanço que você faz da novela neste capítulo 100? Está feliz com todo esse sucesso?
Walcyr Carrasco: Sim, muito. Quis fazer uma novela diferente, com um movimento e estilo que não se fazia havia muito tempo. É o folhetim em seu estado mais puro.
Gshow: Um reflexo de que o público aprovou a história é que a novela sempre fica entre os assuntos mais comentados das redes sociais, com muitos elogios. 
WC: Fico feliz com essa resposta porque o público entendeu que busquei uma mudança estilística que foge do neorrealismo de outras novelas. Ao contrário de alguns críticos, que ficam procurando esse neorrealismo onde não há intenção. É um estilo diferenciado e um exercício para mim, como novelista.
Gloria Pires e Juca de Oliveira na cena em que Natanael tentou matar Duda (Foto: Raquel Cunha / Globo)
Gshow: Quais pontos da história você destacaria até o momento? Alguma cena em especial te emocionou ao vê-la no ar?
WC: 
São tantas... Mas as cenas de Duda (Gloria Pires) com Natanael(Juca de Oliveira) no início, quando ele a chantageava; as cenas de Clara, principalmente quando foi lançada ao mar no caixão; as de Sophia(Marieta Severo), capaz de explodir em violência, assim como Gael(Sergio Guizé). A loucura de Lívia (Grazi Massafera), que foi fundo na rebeldia, sem perder uma certa fragilidade. A ternura de Patrick (Thiago Fragoso), a dubiedade de Renato (Rafael Cardoso)... E sempre será inesquecível a grande cena de Mercedes (Fernanda Montenegroenfrentando a Morte.
Relembre a cena em que Mercedes (Fernanda Montenegro) enfrentou a Morte
WC: Alguns atores novos são admiráveis, como a Julia Dalavia (Adriana), a Bella Piero (Laura), o Igor Angelkorte (Rafael)... E ainda tem todo o pessoal do garimpo e do bordel.
Gshow: Dia desses você elogiou publicamente a atuação da Gloria Pires, que, pela primeira vez, faz uma novela sua. Trabalhar com ela era uma vontade antiga?
WC: 
Sempre quis. Há uns 20 anos, comentei com o Orlando (Morais, marido da atriz): “Quero trabalhar com a Gloria”. Ele lembrou isso agora. É um sonho incrível, e já digo: quero trabalhar de novo com a Gloria Pires.
Walcyr Carrasco elogiou nas redes sociais a atuação de Gloria Pires na novela 'O Outro Lado do Paraíso' (Foto: Reprodução Internet)
Gshow: Assim como a Duda e a Clara, temos outras personagens femininas muito fortes na novela, como a Mercedes, a Sophia, a Lívia, a Raquel (Erika Januza)... Esse destaque para as mulheres é proposital, visto o momento em que vivemos, com as mulheres cada vez mais engajadas na busca por igualdade? 
WC: 
Sempre gostei de trabalhar personagens femininas, com intensidade. Mas quando escrevo é por intuição. Acho que o autor tem uma antena que capta o momento. Fico aberto, mas sem planejar, como se fosse um especialista em marketing. Planejar estar de acordo com o momento seria não criar. E eu crio.
Gshow: A novela aborda temas importantes de serem debatidos, como o racismo, a pedofilia e a violência contra a mulher, por exemplo. Acredita no papel da dramaturgia como papel de conscientização, além de entretenimento?
WC: 
Acho que, antes de mais nada, é preciso haver uma relação de prazer entre quem assiste e quem escreve, dirige e produz. Se não houver prazer, simplesmente ninguém vê. Eu, como autor, sinto a pulsão por falar de alguns temas que estão aí, na sociedade. O público parece sentir a mesma necessidade, porque corresponde e debate sobre eles. Isso é muito bom.
Reveja a cena em que Laura (Bella Piero) denuncia o padrasto por abusos
Gshow: O público aguarda ansiosamente pela vingança da Clara sobre a Sophia. O que pode adiantar desse embate final? 
WC:
 Nunca adianto nada. Não por antipatia, mas é porque mudo muito quando escrevo, minhas emoções controlam o que vou escrever. Por isso, posso dizer que vou fazer isso e aquilo e mudar depois.
Gshow: Outro assunto que gera ansiedade no público é o futuro amoroso da Clara. No início, o público torcia para que ela ficasse com Renato, e, agora, torce muito por Patrick e Clara. Já tem fechado com quem ela ficará no fim? 
WC:
 Mais um pedido de spoiler. Mas, é claro, não vou responder... Para saber com quem Clara fica, é preciso ver a novela (risos)!
O público torce por um final feliz entre Patrick e Clara na novela 'O Outro Lado do Paraíso' (Foto: Raquel Cunha / Globo)


fonte: gshow


Seguidores

Postagem em destaque

novelas / Cobertura completa

Notícias Últimas notícias Sugerido para você M...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *